Noticias

logo ILGA

Notícias: Internacionais

Zimbabwe: Primeiro-ministro muda de posição quanto aos direitos LGBT
2011-10-24
Tsvangirai

Morgan Tsvangirai, Primeiro-ministro do Zimbabwe, mudou a sua posição relativamente a direitos LGBT e afirma que os quer protegidos na nova Constituição.

O Primeiro-ministro declarou, em entrevista à BBC, que os direitos LGBT eram “direitos humanos” que o Zimbabwe conservador deve respeitar.

O ano passado, Tsvangirai unira-se ao Presidente Robert Mugabe na oposição à homossexualidade.

A coligação formada pelos dois líderes prometeu reformas políticas antes das eleições do próximo ano.

O Zimbabwe está em processo de elaboração de uma nova Constituição que será referendada antes das eleições.

Atos homossexuais são atualmente ilegais no Zimbabwe, como em muitos países africanos onde a homossexualidade é vista como não-cristã e não-africana.

“Porcos e cães”
Tsvangirai disse ao programa da BBC Newsnight que havia um “forte sentimento cultural” contra a homossexualidade no Zimbabwe, mas que ele defenderia os direitos LGBT se fosse eleito Presidente.

"É um assunto muito controverso na minha zona do mundo. A minha postura é que espero que a Constituição estabeleça a liberdade de orientação sexual, desde que não interfira com ninguém”, disse ao entrevistador Gavin Esler.

"Para mim, são direitos humanos," disse.

Mugabe – cristão praticante – há muitos anos Presidente do Zimbabwe disse uma vez que os gays eram “piores que porcos e cães”, o que provocou críticas internacionais.

Em março de 2010, Tsvangirai disse que os direitos LGBT não seriam discutidos no Zimbabwe.

“Concordo completamente com o Presidente”, disse naquela altura
A mudança sugere o desejo de Tsvangirai de que Zimbabwe adote uma política liberal, semelhante à da África do Sul.

Mas irá enfrentar muita resistência de Mugabe, que irá explorar a mudança de posição de Tsvangirai para conseguir apoio para si próprio nas eleições, afirma o correspondente.

Serão as primeiras eleições gerais no Zimbabwe desde que o partido de Tsvangirai, Movimento para a Mudança Democrática, formou um governo de coligação com o Partido do Presidente Mugabe, Zanu-PF, após as eleições de 2008.

Essas eleições foram marcadas por violência e motins generalizados, tendo Tsvangirai boicotado a segunda volta.

A coligação, formada sob pressão dos líderes regionais, estabilizou o país, mas a tensão tem aumentado com a aproximação das eleições do próximo ano.

Os dois partidos ainda não chegaram a acordo quanto às reformas políticas e de segurança necessárias para garantir eleições livres e justas.

[Tradução livre]

IN BBC News, 24 outubro 2011 (com video)

 
logotipo do facebook logotipo do twitter logotipo do delicious
PESQUISAR NOTÍCIAS
NOTÍCIAS
2019
Janeiro
2018
Novembro
Outubro
Abril
Março
Fevereiro
2017
Dezembro
Novembro
Outubro
Julho
Junho
Maio
2016
Dezembro
Outubro
Agosto
Julho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2015
Dezembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
2014
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
2013
Dezembro
Novembro
Setembro
Agosto
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2012
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2011
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2010
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
2009
Novembro
Contacto e Sugestões | Avisos Legais | English