Noticias

logo ILGA

Notícias: Internacionais

Indonésia diz que "não há lugar" para grupos LGBT
2016-08-11
indonesiaLGBT
​Um porta-voz da presidência indonésia disse hoje à AFP que "não há lugar" para a comunidade gay no país, depois de defensores dos direitos humanos terem denunciado ataques homofóbicos sem precedentes.
 
A comunidade lésbica, gay, bissexual e transexual (LGBT) refere que se verifica uma "deterioração" dos direitos adquiridos na sequência de ataques verbais de ministros e membros de organizações islâmicas influentes na Indonésia, indica um relatório da Human Rights Watch (HRW).
 
Altos funcionários e instituições indonésias foram alvo este ano de ataques publicados de forma sistemática contra a comunidade gay, sublinha o mesmo relatório que se refere aos apelos que pedem, nomeadamente, que os homossexuais venham a ser impedidos de aceder às universidades.
 
Na sequência dos recentes ataques homofóbicos, responsáveis do Estado indonésio limitaram-se a afirmar que a proteção dos direitos da comunidade homossexual não é uma prioridade.
 
"Os direitos dos cidadãos em relação ao acesso ao ensino ou à obtenção de bilhete de identidade estão protegidos, mas não há lugar na Indonésia para a proliferação do movimento LGBT", disse à Agência France Presse o porta-voz da presidência, Johan Budi.
 
Entretanto, vários ministros têm lançado "ataques verbais" que visam a comunidade homossexual, entre os quais o titular da pasta do Ensino Superior que defendeu a aplicação da interdição a organizações LGBT aos recintos universitários.
 
O ministro da Defesa descreveu a atitude dos grupos LGBT pela defesa de direitos como uma "espécie de guerra moderna".
 
O relatório da organização Human Rights Watch denuncia que a provocação contra os grupos LGBT intensificou-se desde fevereiro tendo-se registado episódios de violência contra as minorias sexuais na Indonésia.
 
"O impacto da retórica anti-LGBT por parte dos representantes governamentais é muito forte" disse uma defensora dos direitos das lésbicas referindo-se ao relatório da Human Rights Watch acrescentando que na Indonésia se estão a "dar passos a trás" no que diz respeito aos direitos fundamentais.
 
In SIC Notícias (Lusa), 11 de Agosto de 2016
 
logotipo do facebook logotipo do twitter logotipo do delicious
PESQUISAR NOTÍCIAS
NOTÍCIAS
2019
Janeiro
2018
Novembro
Outubro
Abril
Março
Fevereiro
2017
Dezembro
Novembro
Outubro
Julho
Junho
Maio
2016
Dezembro
Outubro
Agosto
Julho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2015
Dezembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
2014
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
2013
Dezembro
Novembro
Setembro
Agosto
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2012
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2011
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2010
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
2009
Novembro
Contacto e Sugestões | Avisos Legais | English