Noticias

logo ILGA

Notícias: Nacionais

Manuel Luís Goucha processa Estado português
2014-12-09
Manuel Luís Goucha processa Estado português

Tudo começou em 28 de dezembro de 2009, no programa “5 para a meia-noite”, que então era exibido na RTP2.

Nessa emissão, conduzida por Filomena Cautela, Manuel Luís Goucha, que poucas semanas antes assumira publicamente a sua homossexualidade, foi eleito “a apresentadora do ano”, numa lista que continha o seu nome e mais duas hipóteses – Cláudia Vieira e Carolina Patrocínio.

Considerando-se “achincalhado” pelos autores desta “graçola labrega e gratuita”, o apresentador da TVI pôs o programa em tribunal.

Muitos meses depois, uma juíza decidiu a causa em prejuízo de Goucha. Além de ter absolvido os arguidos, a magistrada fez certas considerações na sentença que levaram o apresentador a mover um processo contra o Estado português – queixa que já deu entrada no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.

Entre outras observações, Manuel Luís Goucha não aceita que a juíza tenha dito que ele se “põe a jeito de piadas”, nomeadamente por ter “atitudes e roupas coloridas, próprias do universo feminino”.

Para Goucha, tais considerandos constituem “um insulto” à sua dignidade e pergunta em dado passo de uma entrevista que concedeu à revista VIP: “Onde está escrito que o amarelo, o rosa ou o roxo são de mulher? O que é isto? Idade Média? Mundo das trevas?...”

E o apresentador sublinha, ainda: “É uma queixa contra a Justiça portuguesa. (…) A minha sexualidade é um pormenor de minha vida privada e íntima, não fez com que mudasse de género. (…) Nunca sofri de preconceito e não deixo que ninguém me ataque e menospreze. (…) Até posso perder (o processo), mas tenho direito a mostrar a minha indignação perante este tipo de justiça, que é preconceituosa.”Tudo começou em 28 de dezembro de 2009, no programa “5 para a meia-noite”, que então era exibido na RTP2.

Nessa emissão, conduzida por Filomena Cautela, Manuel Luís Goucha, que poucas semanas antes assumira publicamente a sua homossexualidade, foi eleito “a apresentadora do ano”, numa lista que continha o seu nome e mais duas hipóteses – Cláudia Vieira e Carolina Patrocínio.

Considerando-se “achincalhado” pelos autores desta “graçola labrega e gratuita”, o apresentador da TVI pôs o programa em tribunal.

Muitos meses depois, uma juíza decidiu a causa em prejuízo de Goucha. Além de ter absolvido os arguidos, a magistrada fez certas considerações na sentença que levaram o apresentador a mover um processo contra o Estado português – queixa que já deu entrada no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.

Entre outras observações, Manuel Luís Goucha não aceita que a juíza
tenha dito que ele se “põe a jeito de piadas”, nomeadamente por ter “atitudes e roupas coloridas, próprias do universo feminino”.

Para Goucha, tais considerandos constituem “um insulto” à sua dignidade e pergunta em dado passo de uma entrevista que concedeu à revista VIP: “Onde está escrito que o amarelo, o rosa ou o roxo são de mulher? O que é isto? Idade Média? Mundo das trevas?...”

E o apresentador sublinha, ainda: “É uma queixa contra a Justiça portuguesa. (…) A minha sexualidade é um pormenor de minha vida privada e íntima, não fez com que mudasse de género. (…) Nunca sofri de preconceito e não deixo que ninguém me ataque e menospreze. (…) Até posso perder (o processo), mas tenho direito a mostrar a minha indignação perante este tipo de justiça, que é preconceituosa.”

in SAPO, 9 dezembro 2014

 
logotipo do facebook logotipo do twitter logotipo do delicious
PESQUISAR NOTÍCIAS
NOTÍCIAS
2018
Janeiro
2017
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2016
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2015
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2014
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2013
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2012
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2011
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2010
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2009
Novembro
Setembro
Agosto
Julho
2006
Julho
Junho
Contacto e Sugestões | Avisos Legais | English