Noticias

logo ILGA

Notícias: Nacionais

Ela já foi capitão do Exército. Agora é capitã
2015-01-16
Ela já foi capitão do Exército. Agora é capitã

 O momento em que um militar sai da base para ir para servir numa zona de conflito é uma experiência que pode definir o resto da vida. Hannah Winterbourne, capitã no Exército na área de engenharia mecânica e eletrotécnica, não podia estar mais de acordo. Ela é agora a primeira oficial transexual do Exército britânico e quando serviu no Afeganistão ainda era “ele”.

“No Afeganistão eu vivia uma mentira, estava sempre a atuar para todos à minha volta. Não havia uma pausa para eu parar a atuação. Antes, eu tinha meu tempo, onde podia ser honesta comigo mesma. No Afeganistão não podia fazer isso [partilhava a tenda com mais sete soldados], então esse foi o pontapé que precisei para me assumir, para me mudar e mudar a maneira como vivia a minha vida”, contou ao Daily Mail.

 

De Inglaterra para o Afeganistão, até à Alemanha. As viagens com o Exército foram também as viagens da vida da oficial. Estava a treinar em Campo Bastion, na Alemanha, quando tomou a decisão que a ia mudar, literalmente. Faria a operação de mudança de sexo.

Desde cedo que já se sentia mulher, mas com a sua profissão era sempre tratada como um homem. Mesmo quando se assumiu era difícil que a tratassem de outra forma. O tratamento hormonal deu-lhe “autoconfiança”: “Agora sinto-me feliz o suficiente para conseguir descer uma rua como mulher.”

Hannah contou ao Independent que embora tenha havido quem reagisse em choque, a mudança não afetou o seu dia-a-dia. E justifica: “Não é uma coisa com que se lide todos os dias no Exército.” A capitã comanda atualmente 100 soldados e afasta a ideia de que o exército seja antiquado, acrescentando que é “um excelente empregador” para os soldados transexuais. E o objetivo é tornar-se ainda melhor. Hannah é a representante dos transexuais no exército britânico, um departamento que pretende ser uma ponte, de forma a ajudar na educação e no bem-estar.

A capitã conta com o apoio da organização, da família e com uma autoestima redobrada que faz com que tenha planos muito ambiciosos para o futuro dentro do exército.

in Observador, 19 de janeiro de 2015

 
logotipo do facebook logotipo do twitter logotipo do delicious
PESQUISAR NOTÍCIAS
NOTÍCIAS
2017
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2016
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2015
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2014
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2013
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2012
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2011
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2010
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2009
Novembro
Setembro
Agosto
Julho
2006
Julho
Junho
Contacto e Sugestões | Avisos Legais | English