Noticias

logo ILGA

Notícias: Nacionais

Chumbados no Parlamento os projetos sobre parentalidade
2015-01-22
Chumbados no Parlamento os projetos sobre parentalidade
 Apesar de os deputados do PSD e do CDS/PP terem chumbado na generalidade os projetos do Bloco de Esquerda, PS e os Verdes para estender aos casais de homossexuais a possibilidade de adoção de crianças, a associação está otimista e diz que o momento da votação foi um momento de "embaraço" para os partidos da maioria.
 
Em declarações à Agência Lusa o porta-voz da ILGA (Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual e Transgénero), Paulo Côrte-Real, disse que já esperava a votação mas mostrou-se otimista porque "houve mudanças substanciais".
 
"O que se esperava desta maioria era obviamente a falta de atenção em relação à questão da discriminação" mas houve "mudanças substanciais, nomeadamente no que diz respeito quer à apresentação de um projeto pelo PS quer no que diz respeito à posição do PCP, que passou a endossar os vários projetos", disse, acrescentando: "Não temos dúvidas de que a igualdade vem aí em breve e vem para ficar".
 
Para Paulo Côrte-Real as posições estão agora clarificadas, havendo "um conjunto alargado de partidos com posições inequívocas" na rejeição da discriminação e partidos como o PSD e o CDS/PP que "acham que não é preciso apresentar argumentos para manter uma discriminação na lei e fazer incindir sobre as famílias e crianças institucionalizadas essa discriminação".
 
Todo o processo que levou à votação parlamentar de hoje não deixou dúvidas de que "neste momento não há desculpas e é evidente de que a curto prazo terá de haver o fim da discriminação, que é uma vergonha " e que existe desde 2001, quando foi aprovada a lei das uniões de facto, disse.
 
Para Paulo Côrte-Real a rejeição dos projetos foi até "um momento de embaraço para PSD e CDS/PP", que "já compreenderam que não existem argumentos que possam justificar" a manutenção da situação e que têm consciência do impacto que estão a ter em muitas famílias.
 
in JN, 22 de janeiro de 2015

 

Ler também:

Adoção gay: PCP vota ‘sim’ pela primeira vez, mas não chega


Público: Como foi possível isto acontecer?
 
 
Público: Porquê?
 
 
Público: BE adia debate de proposta socialista sobre procriação
 
DN: Chumbo total em perspectiva na adoção de crianças por casais do mesmo sexo
 

 

 
logotipo do facebook logotipo do twitter logotipo do delicious
PESQUISAR NOTÍCIAS
NOTÍCIAS
2017
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2016
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2015
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2014
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2013
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2012
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2011
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2010
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2009
Novembro
Setembro
Agosto
Julho
2006
Julho
Junho
Contacto e Sugestões | Avisos Legais | English