Noticias

logo ILGA

Notícias: Nacionais

PMA: ILGA Portugal congratula-se com evolução do sentido de voto do PCP
2016-04-21
PMA: ILGA Portugal congratula-se com evolução do sentido de voto do PCP

 Após várias audições no Grupo de Trabalho da Procriação Medicamente Assistida, incluindo a audição da ILGA Portugal, as votações indiciárias realizadas hoje na especialidade denotam a evolução do sentido de voto do PCP, que deixa antecipar a aprovação em votação final global do texto de substituição que resultou de projetos do PS, BE, PEV e PAN.

 
Desde 2005, em que os primeiros projetos que deram origem à lei 32/2006 foram tornados públicos, que a ILGA Portugal reivindica o acesso à inseminação artificial e demais técnicas de PMA para todas as mulheres, independentemente do estado civil e orientação sexual. Temos sempre enfatizado que em Espanha estas técnicas estão disponíveis para todas as mulheres desde 1988. Em Portugal, a lei de 2006, que foi a primeira lei a regular o acesso a estas técnicas, veio, pelo contrário, estabelecer uma discriminação inaceitável não só na concretização de projetos familiares mas também no acesso à saúde, apenas permitindo o acesso a estas técnicas a mulheres casadas ou unidas de facto com homens e mediante um diagnóstico de infertilidade.
 
Há mais de uma década - em duas décadas de existência da ILGA Portugal - que chamamos a atenção para esta questão que, por incidir sobre mulheres, tem sempre menos visibilidade no espaço público. Muitas organizações da sociedade civil se juntaram entretanto a esta reivindicação e o trabalho sistemático que temos feito tem tido repercussões. 
Ainda recentemente, o Comité sobre Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Mulheres das Nações Unidas (CEDAW) publicou os seus comentários e recomendações a Portugal decorrentes do último exame, que teve lugar no dia 28 de outubro de 2015, em Genebra. Destacamos a recomendação 45: 
Portugal deve "adotar medidas legislativas (...) para assegurar o acesso a serviços de reprodução assistida, incluindo a fertilização in vitro, a todas as mulheres sem quaisquer restrições".
 
Cumprir os Direitos Humanos passa, portanto, por garantir esta igualdade. Aliás, na sequência da igualdade na candidatura à adoção, este é o passo que falta para haver uma igualdade plena em função da orientação sexual no campo da parentalidade. Só com a entrada em vigor do diploma que resultará deste texto final aprovado no Grupo de Trabalho poderemos enfim celebrar o grau zero da discriminação na lei. 
 
Congratulamo-nos, por isso, uma vez mais, com os projetos apresentados mas também com a evolução da posição do PCP. Esta votação favorável nos trabalhos de especialidade permitirá garantir a aprovação do fim da atual exclusão de mulheres solteiras e de casais de mulheres no acesso às técnicas de reprodução assistida que já são atualmente disponibilizadas para outras mulheres em Portugal e, simultaneamente, promover o acesso à saúde e também os direitos sexuais e reprodutivos de todas as mulheres. Esperamos ainda que deputadas e deputados dos restantes grupos parlamentares aproveitem esta oportunidade para afirmarem, com o seu voto em plenário na próxima semana, os nossos valores constitucionais e a necessidade de concretização dos Direitos Humanos.
 
Lisboa, 21 de abril de 2016
 
logotipo do facebook logotipo do twitter logotipo do delicious
PESQUISAR NOTÍCIAS
NOTÍCIAS
2018
Janeiro
2017
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2016
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2015
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2014
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2013
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2012
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2011
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2010
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2009
Novembro
Setembro
Agosto
Julho
2006
Julho
Junho
Contacto e Sugestões | Avisos Legais | English