Cidadania Plena

logo ILGA

Segue-nos através das redes sociais para saberes mais! 

Apelo All Out: Facebook mais inclusivo nas identidades de género

Imagine se um dia o Facebook resolvesse apagar de repente sua identidade da rede social – o que você faria? A gente quase sempre acha que é um direito garantido poder criar uma identidade online que reflita quem somos, mas para milhões de pessoas isto não é possível – porque seu gênero não cabe entre as escolhas do Facebook.

De Metis no Nepal a travestis no Brasil, há milhões de pessoas cujas identidades vão além de masculina ou feminina – as duas opções que o Facebook força você a escolher antes de virar membro. Os governos de Nepal, Índia e Paquistão já reconheceram legalmente que gênero vai além de masculino e feminino – assim como o maior competidor do Facebook, o Google.

Se o Facebook fosse uma nação, teria a terceira maior população do mundo. No passado, eles usaram sua influêcia para o bem – reconhecendo parcerias e casamentos de pessoas do mesmo sexo. Você pode perder um minuto para pedir ao Facebook para mudar os quadradinhos e abrir suas portas para pessoas com todas as identidades de gênero? Depois peça a seus amigos e sua família para fazerem o mesmo:

www.allout.org/pt/facebook

O que a gente adora no Facebook é a habilidade de as pessoas criarem e customizarem identidades online que reflitam suas vidas. Quando o assunto é línguas, a gente pode listar virtualmente qualquer uma do mundo ou até mesmo inventar algumas – como a gente poderia mostrar nossa fluência na “Língua do Amor”? Se nossa habilidade para escolher religiões, línguas e interesses é ilimitada, por que o Facebook impõe limites em algo tão essencial quanto o gênero?

Ainda que muitas pessoas trans lutem há muito tempo para ter suas identidades de gênero reconhecidas e respeitadas, nós sabemos que este é um assunto novo para muitos membros da All Out. Então pedimos a 5 membros de nossa comunidade que são impactados pelas políticas do Facebook para contar quem são e por que esta mudança é importante. Você pode conferir suas histórias e assinar a petição aqui:

www.allout.org/pt/facebook

O Facebook é uma das empresas mais poderosas do mundo e pode influenciar centenas de milhões de pessoas. Você pode exigir que o Facebook seja um veículo, não um obstáculo, na luta difícil por reconhecimento e respeito?

www.allout.org/pt/facebook

Obrigado por dar sua opinião para que todos os membros da All Out sejam respeitados pelo que são. Nós agradecemos!

Tudo de bom e All Out,
Aaron, Andre, Erika, Guillaume, Jeremy, Joseph, Nita, Oli, Prerna, Tile, Wesley e o resto do time da All Out
 

FONTES:

1. Suprema Corte do Paquistão acha mérito em identidade para terceiro gênero
www.thestar.com/news/world/pakistan/article/761722--pakistan-s-high-court-finds-merit-in-third-gender-id

2. Terceiro gênero ganha identidade própria em votações na Índia
www.edition.cnn.com/2009/WORLD/asiapcf/11/12/india.gender.voting

3. Nepal: Terceiro gênero ganha certificado de cidadania
www.thehimalayantimes.com/fullNews.php?headline=Thirdgenderissuedcitizenshipcertificate&NewsID=284117

4. O problema do gênero no Facebook
www.salon.com/life/broadsheet/2008/07/09/genderneutral

5. Google Plus É Neutro em Gênero
www.advocate.com/News/DailyNews/2011/07/13/GooglePlusGoesGenderNeutral

 

All Out

PESQUISAR Cidadania
Cidadania Plena
Contacto e Sugestões | Avisos Legais | English